Saiba tudo sobre Alergia a Alimentos

Ocorre quando o sistema imunológico reage a certas substâncias encontradas nos alimentos, provocando inflamações em várias partes do corpo de pessoas sensíveis a tais substâncias.

As manifestações podem surgir até mesmo dias depois da ingestão. Os sintomas podem manifestar-se na pele, no trato gastrointestinal, no sistema cardiovascular e no trato respiratório. A duração das alergias pode variar de acordo com o tipo de alimento ingerido. Dentre os alimentos que podem causar alergia estão: Soja, leite, amendoim, glúten, peixe, ovo, nozes, castanhas, peixes e frutos do mar e trigo.

Crianças podem apresentar alergia ao leite de vaca, durante a fase de transição alimentar, podendo surgir uma reação do sistema imunológico às proteínas existentes no leite e que provocam: dor de estômago, vômitos, gases, diarreia e até mesmo sibilos, podendo evoluir para uma reação mais grave conhecida como Síndrome da Enterocolite Induzida por Proteína Alimentar, que causa uma inflamação intestinal intensa.

Causas:

Em teoria, todos os alimentos podem causar alergia. Nos países industrializados, os alimentos mais comumente associados a alergias são ovos, leite de vaca, amendoim, soja, nozes, peixe e marisco. Outras alergias aparecem ou estão aumentando. É o caso das alergias a frutas exóticas, especiarias e condimentos, óleos de girassol e gergelim, psílio contido em barras alimentares, látex, novos alérgenos como o tremoço, que representa 1% do total de farinha na dieta. bastões e ácaros (por exemplo, podem ocorrer sintomas ao comer alimentos preparados com farinha de trigo contaminada com ácaros). Algumas moléculas de alimentos antigênicos foram estudadas.

 

Os principais sintomas da Alergia Alimentar são:

  • Erupções.
  • Inchaço.
  • Inchaço sob a pele ou urticária.
  • Coceira.
  • Cólica no bebê.
  • Formigamento nos lábios.
  • Inchaço facial ou rubor.

 

Diagnóstico:

O diagnóstico é baseado em elementos clínicos e biológicos:

  • Clínicos: questionamento completo, pesquisa de alimentos e testes cutâneos.
  • Biológico: exames de sangue (IgE ou outros marcadores).

 

Como tratar a Alergia Alimentar:

  • Medicamentos anti-histamínicos tratam reações leves. Reações graves precisam de uma injeção de epinefrina e atendimento de emergência.

 

Como prevenir a alergia alimentar:

  • A amamentação ajuda a evitar alergias, diminuindo, assim, os riscos para uma vida toda.
  • Ficar atento e evitar o alimento nocivo, geralmente, impede a ocorrência de problemas futuros.

 

 

Recomendamos ir nos seguintes especialistas, caso ache que está com Alergia Alimentar:

Gastroenterologista: Concentra-se no sistema digestivo e seus distúrbios.

Clínico geral: Previne, diagnostica e trata doenças.

Sobre Nós:

Medicina Virtual é um site com o objetivo de ajudar as pessoas a terem mais conhecimento da área de medicina, aqui você pode saber sobre dietas, saúde, tratamentos, doenças, bem-estar, entre muitas outras coisas!

Siga-nos em nossas redes sociais: © 2018 Medicina Virtual - Todos os direitos reservados

Atenção: O site Medicina Virtual é apenas um site de aprendizado e educação, então nossas informações não devem ser utilizadas para outro fim, a não ser o de aprendizado, sendo assim NÃO substituimos quaisquer exames médicos