Vacina BCG

A vacina BCG (bacilo de Calmette e Guerin) é indicada para prevenir as formas graves de tuberculose (miliar e meníngea) nos menores de cinco anos, mais frequentemente nos menores de um ano.

A vacina é administrada nas primeiras 12 horas de vida, preferencialmente na maternidade ou na primeira visita do bebê à Unidade de Saúde, levando em conta que quanto menor a idade maior será a eficácia da vacina.

A criança portadora do HIV (positiva assintomática) e a criança cuja mãe é HIV-positiva devem receber a vacina o mais precocemente possível.

A vacina BCG é utilizada, também, para a pessoa que é comunicante de hanseníase (contato intra-domiciliar), com o objetivo de propiciar proteção cruzada contra a doença.

A vacina BCG é contraindicada nas situações gerais, bem como para os portadores do HIV positivos, independente dos sintomas, crianças sintomáticas e com imunodeficiência congênita.

A administração da vacina BCG deve ser adiada quando a criança apresenta peso inferior a 2kg, devido à escassez do tecido cutâneo e quando apresentar lesões de pele por todo o corpo.

A vacina BGG é preparada com bacilos vivos a partir de cepas do Mycobacterium bovis, atenuadas com glutamato de sódio. A subcepa utilizada no Brasil é a Moureau-Rio de Janeiro, mantida sob sistema de lote semente no Status Serum Institut de Copenhagen, na Dinamarca.

Também pode te interessar
Saiba quais são as melhores profissões da área de saúde em 2018
Sobre Nós:

Medicina Virtual é um site com o objetivo de ajudar as pessoas a terem mais conhecimento da área de medicina, aqui você pode saber sobre dietas, saúde, tratamentos, doenças, bem-estar, entre muitas outras coisas!

Siga-nos em nossas redes sociais:
© 2018 Medicina Virtual - Todos os direitos reservados

Atenção: O site Medicina Virtual é apenas um site de aprendizado e educação, então nossas informações não devem ser utilizadas para outro fim, a não ser o de aprendizado, sendo assim NÃO substituimos quaisquer exames médicos